cogumelos mágicos

Guia prático de uso da ayahuasca

O Guia Prático de uso da Ayahuasca contém as informações necessárias e acionáveis ​​para o uso seguro da ayahuasca em suas respectivas cerimônias ou de modo individual, porém religioso.

guia pratico de uso da ayahuasca

Plantas de poder são ingeridas em rituais. Eles obedecem às percepções mágico-religiosas e proporcionam cura, auto descoberta e expansão da consciência.

A ayahuasca é uma medicina sagrada que é usada para expandir a consciência e fornecer visão direta de outros aspectos da vida que podem estar ocultos no subconsciente.

Ayahuasca recomendações de uso

O número de pessoas que estão adquirindo a ayahuasca concentrada e a ayahuasca microdose para uso próprio vem aumentando de forma exponencial.

Vendo algumas pesquisas do Google: como tomar ayahuasca, benefícios de ayahuasca, ayahuasca é droga? Com base nisso, disponibilizamos este artigo para que o entendimento quanto a quanto tomar ayahuasca e quais suas formas de uso seja o mais simples possível.

Ayahuasca quanto tomar?

Antes mesmo de fazer o uso da medicina é importante saber a quantidade que pode ou deve ser ingerida, visto que todos os cuidados estão sendo tomados de forma conciente.

Microdosagem: Segundo estudos o recomendado é tomar entre 15 a 20 gotas sublinguais duas vezes ao dia, antes de meditar e minutos antes de dormir.

Dose enteógena: 20 ml é considerada uma dose inicial indicada para pessoas que estão iniciando com a medicina sagrada.

Já nas celebrações, são servidas duas doses da ayahuasca. A primeira, de 50 ml, obrigatória, é oferecida no início da reunião. Uma hora e meia depois, quando o efeito da bebida já foi atenuado, uma nova dose, desta vez cerca de 30 ml, é servida.

ayhuasca-sagrada-templo

Obs: Busque ter suas experiências com ayahuasca sagrada em um centro especializado, prefira fazer o uso acompanhado de um xamã ou profissional capacitado, pode ser um psicólogo, terapeuta comportamental, agora, se não conseguir, um acompanhante experiente no assunto pode lhe auxiliar em sua jornada.

Em um grande número de estudos científicos, foi confirmado que o uso da Ayahuasca é seguro. No entanto , existem circunstâncias em que não deve ser usado ou deve ser usado com cautela . Ou seja:

  • Se tiver uma condição cardiovascular grave
  • Antecedentes pessoais ou histórico familiar de doenças mentais
  • Tomar certos medicamentos (incluindo ervas)

Preste atenção se por um acaso você já passou alguma das situações abaixo:

  • Você já viu ou ouviu coisas que outros não puderam ver?
  • Você já sentiu que estava sendo seguido ou que estava sendo ameaçado por alguém?
  • Você já sentiu que não conseguia organizar seus pensamentos em sua cabeça por horas ou dias?
  • Você já esteve em uma situação em que seus pensamentos estavam tão rápidos que você não conseguia acompanhá - los?

Se você respondeu sim a algum destes questionamentos, significa que deve fazer uma avaliação com um profissional capacitado antes de fazer o uso da ayahuasca, tanto em cerimônias quanto no uso individual.

A recomendação do antigo Confen (Conselho Federal de Entorpecentes), que atualmente é o Senad (Secretaria Antidrogas), quando autorizou o uso da bebida em rituais religiosos, era excluir psicóticos e esquizofrênicos, estas pessoas não estão aptas a fazer o uso da medicina sagrada ayahuasca.

E isso é fundamental porque há pessoas que aparecem com sintomas que podem ocorrer fora do ritual da Ayahuasca mas acabam acontecendo dentro porque o Santo Daime pode ser um precipitador, um desencadeador desses sintomas - então devemos nos prevenir de nos tornarmos esse desencadeador.

Assim que pudermos orientar essas pessoas e avisar que tem limite, elas podem ser monitoradas e começar a tomar pouquíssima quantidade de ayahuasca, ou iniciar com o tratamento de microdosagem depois de medicada, confira onde microdosagem ayahuasca comprar com segurança e qualidade (amigos do blog).

Para aqueles que estão em risco de desenvolver quadros psiquiátricos para participar de um trabalho, deve haver um processo abrangente de triagem pré-ritual. E essa vigilância é uma salvaguarda não só para esses indivíduos, mas também para seus respectivos grupos ou facilitadores da medicina.

Além dos distúrbios já mencionados, pessoas com comportamento bipolar devem ter um cuidado maior na hora de receber a medicina. Não é recomendado que aqueles que alternam entre estados de depressão e euforia tomem o chá de Santo Daime, pois podem causar um agravamento de sua exaltação (euforia).

No entanto, se estiverem sob supervisão médica e psicológica e estiverem tomando estabilizadores de humor, como lítio e carbamazepina (Tegretol), poderão realizar seus trabalhos normalmente e sem incidentes.

Contra-indicação ao uso da ayahuasca sagrada:

Consideramos o uso da Ayahuasca contraindicado para pessoas com personalidade esquizóides e pré - psicóticas , bem como para pacientes neuróticos com insegurança de identidade e altos níveis de ansiedade ( síndrome do pânico ).

Desde a década de 1960, quando vários antidepressivos e inibidores da monoamina oxidase foram descobertos, têm sido bem aceito que o uso dessas substâncias em conjunto não é recomendado. Aconselhamos aos interessados ​​que procurem referências na literatura especializada ou contacte um profissional especializado para mais informações.

Como resultado , consideramos contraindicado o uso da Ayahuasca por usuários de psicofármacos e medicamentos – até após três semanas de suspensão da medicação.

Medicamentos que não podem ser misturados com a ayahuasca

  • Antidepressivos inibidores seletivos da recaptação da serotonina como: Fluoxetina (Prozac e outros); Citalopram (cipramil, Denyl); Paroxetina (Aropax, Ce-brilin, Pondera); Sertralina (Novativ, Sercerin);
  • Tricíclicos como: Imipramina (Tofranil); Desipramina (Norpra-mina); Clomipramina (Anafranil);
  • Antidepressivos como: Venlafaxina (Efexor), estes tem efeitos complexos ou dual conforme as informações dos fabricantes;
  • Substância de mecanismo de ação não muito bem estabelecido como: Lítio (Carboclim, litiocar, Neurolithium);
  • Inibidores da Monamia Oxidade: Tranilcipromina (Parnate, Stelapar); Fenelzina (Nardil).

Outra preocupação básica ao uso inicial é esta. Os únicos medicamentos que podem causar problemas para quem toma o chá de Santo Daime são as substâncias serotoninérgicas, que aumentam a serotonina (neurotransmissor) no cérebro. Podendo causar uma potencialização do efeito da ayahuasca concentrada, resultando em uma crise de hiper serotonina. Os antidepressivos contendo fluoxetina são as substâncias que mais têm esse efeito serotoninérgico.